Sistemas de numeração

No seu crescimento, a informática teve a necessidade de se adaptar para simplificar a criação de hardwares e softwares mais rápidos e simples. Em alguns cursos de informática básica é comum ouvir que as máquinas utilizam a linguagem de máquina (código binário) para se comunicar. Porém esta lógica faz parte de um sistema de numeração, que por sua vez é um assunto mais complexo que será discutido neste artigo.

Antes de tudo, é necessário compreender o que é um sistema de numeração. Segundo Leite (2005) Sistema de Numeração é a forma de representar dados numéricos através de números, caracteres ou símbolos, dependendo da forma de escrita utilizada. Em um sistema de numeração a base representa a quantidade de algarismos (símbolos) diferentes que esta possui.

Ainda segundo Leite (2005) os sistemas mais primitivos de numeração criados pela humanidade estão presentes nos tempos das cavernas. Tais sistemas baseavam-se em contagem por pedras ou pelo numero de dedos ou falanges das mãos. Tanto que curiosamente a origem da palavra "dígito" é a palavra dedo. 




Com o crescimento da necessidade de representação de números cada vez maiores, foi necessário a criação um mecanismo que permitisse a representação de grandes números utilizando poucos símbolos. Por esta necessidade foi criada o que se chama o princípio da base. Sua descoberta marcou o nascimento dos sistemas de numeração, sistemas cuja “base” nada mais é do que o número de unidades que é necessário agrupar no interior de uma ordem dada para formar uma unidade de ordem imediatamente superior. 


As principais bases utilizadas

- A base 2

A base 2 é diferente do sistema utilizado cotidianamente pelas pessoas. Diferentemente do sistema decimal que possuem 10 formas diferentes para representação numérica a base 2 só tem o "0" e o "1". Apesar de não ser amigável ao uso do ser humano esta base é bastante utilizada na programação de microprocessadores e outros componentes eletrônicos pela simplicidade de sua representação. 

Este sistema de numeração possui a característica de ser posicional, ou seja, os números binários em sua representação são consideradas as posições onde eles se apresentam. Caso esta ordem seja alterada o número será alterado. Por exemplo: 

O número binário: 001100 é completamente diferente do número 011000.

Na informática a menor porção de dados possível de ser representada é exatamente a medida denominada bit. Esta medida corresponde a um número binário seja ele o 0 ou o 1.

- A base 10

O sistema numérico denominado Decimal, conta com dez dígitos. Sendo eles: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9. A contribuição de cada numero neste sistema também depende da posição ocupada por ele no número. Ex: o número 323 é completamente diferente do numero 233.


- A base 8

O sistema de números octais tem a base igual a 8, onde todos estes dígitos são do sistema decimal. Os dígitos usados neste sistema são: 0,1,2,3,4,5,6,7. 

- A base 16

O sistema hexadecimal possui 16 dígitos disponíveis, sendo eles os dígitos do sistema decimal e as seis primeiras letras do alfabeto: 0, 1,2,3,4,5,6,7,8,9,A,B,C,D,E,F.
Este sistema também é posicional e cada uma das letras do alfabeto representam os seguintes valores:


A = 10, B = 11, C = 12, D = 13, E = 14, F = 15.

O sistema de números hexadecimais é muito usado em projetos de hardware e software, já que estes representam grupos de dígitos binários, facilitando a representação de códigos binários. É usual representar quantidades usando sistemas em potências do binário, para reduzir o número de algarismos da representação.



Conversões entre bases

- A qualquer base para a decimal

Formula: soma dos símbolos x Base ^ Posição

Para fazer a somatória é necessário usar do mais significativo (MSB) para o menos significativo (LSB). Ex: No número binário 100100 o número 1 mais a esquerda é o mais significativo e o mais a direita é o menos significativo.


Exemplo de conversão de binário para decimal
Qualquer número em qualquer base pode ser convertido para a base decimal através desta fórmula. Entretanto é importante ressaltar que quando o número em outra base é fracionário a posição deve seguir os números negativos. 




- Decimal para binária

A conversão dos números decimais para o sistema binário é feita através de divisões sucessivas por 2. O número binário é extraído juntando simplesmente os restos das divisões.




- Decimal para Octal
Pode-se usar também o método de divisões sucessivas para realizar a representação dos números decimais em octais.




Em grande parte dos casos a conversão de bases ocorre convertendo as bases para números binários ou decimais. Ex: Octal para decimal e logo após decimal para binária.

Conclusão

Alguns autores buscaram formas cada vez mais simples de facilitar a conversão de bases, buscando melhorar entendimento da aritmética computacional. Porém, independente do método utilizado, fica claro que a necessidade de sistemas numéricos para representação de números é uma característica importante da ciência da computação. 
As aplicações destes sistemas se estendem desde a programação de baixo nível, por exemplo, o endereçamento de memória. Até mesmo a programação de alto nível que consome e interpreta o sistema de cores RGB em números Hexadecimais.



Referências

Leite, Cícero Alves, and Renata Aparecida Monteiro. "SISTEMA DE NUMERAÇÃO."



Quer fazer download desse artigo?




Sistemas de numeração Sistemas de numeração Reviewed by Vinicius dos Santos on 12:30:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Escreve ai sua opinião!