Advertisement

[Exercícios] Vetores #2

Regras:
  • Construa um programa para cada exercício a seguir;
  •  A interpretação do exercício e como resolve-lo faz parte do exercício;
  •  Você poderá utilizar IDE’s de programação como o NetBeans ou Eclipse, mas lembre-se o risco de se acomodar com as comodidades da IDE é seu;
  • Coloque um cabeçalho padrão (comentado) em cada arquivo com seu nome e o enunciado do exercício que está sendo resolvido;


Fácil 0. Observando a figura apresentada acima, desconsiderando a parte elétrica e de hardware. Faça um paralelo entre um vetor como apresentado na disciplina e uma memória RAM. 

Fácil 1. Escreva um algoritmo que solicite ao usuário a entrada de 5 números, e que exiba o somatório desses números na tela. Após exibir a soma, o programa deve mostrar também os números que o usuário digitou, um por linha.

Intermediário 2. Escreva um algoritmo que solicite ao usuário a entrada de 5 nomes, e que exiba a lista desses nomes na tela. Após exibir essa lista, o programa deve mostrar também os nomes na ordem inversa em que o usuário os digitou, um por linha.

Fácil 3. Crie um programa que solicite a entrada de 10 números pelo usuário, armazenando-os em um vetor, e então monte outro vetor com os valores do primeiro multiplicados por 5.
Exiba os valores dos dois vetores na tela, simultaneamente, em duas colunas (um em cada coluna), uma posição por linha. 

Fácil 4. Crie um programa que armazene 10 números digitados pelo usuário em dois vetores: um somente para números pares, e outro somente para números ímpares.
Após, exiba os valores dos dois vetores na tela, em sequência.
Obs.: As posições que não receberem valores exibirão o número zero. Não se preocupe com isso por enquanto.

Fácil 5. Modifique o programa anterior para não aceitar a entrada do número zero, e requisitar a digitação de outro número neste caso.

Fácil 6. Modifique novamente o programa anterior, de modo a não exibir na saída os números zero que são mostrados para todas as posições que não receberam nenhum valor durante a atribuição (e portanto estão vazias).

Nenhum comentário

Conta pra mim sua opinião!

Fale comigo