[Filme] Eu robô - máquinas podem ter sentimentos?



Sinopse:

Em 2035 a existência de robôs é algo corriqueiro, sendo usados constantemente como empregados e assistentes dos humanos. Os robôs possuem um código de programação chamado Lei dos Robóticos, que impede que façam mal a um ser humano. Esta lei parece ter sido quebrada quando o Dr. Miles aparece morto e o principal suspeito de ter cometido o crime é justamente o robô Sonny. Caso Sonny realmente seja o culpado, a possibilidade dos robôs terem encontrado um meio de quebrarem a Lei dos Robóticos pode permitir que eles dominem o planeta, já que nada mais poderia impedi-los de subjugar os seres humanos. Para investigar o caso é chamado o detetive Del Spooner (Will Smith) que, com a ajuda da Dra. Susan Calvin (Bridget Monayhan), precisam desvendar o que realmente aconteceu.



O filme fala sobre uma realidade onde os robôs causam uma revolução e tomam consciência de sua existência. Esse tema já foi abordado no exterminador do futuro (mas nesse filme as máquinas tiveram mais sucesso). É muito interessante prestar atenção em detalhes de como o filme trás perguntas como: "será que as máquinas e a IA podem criar?"; "será que é possível que as máquinas simulem sentimentos tão reais que afetem suas decisões?". 

Bom, ao menos no filme isso é possível... porém, estamos praticamente em 2020 e não estamos nem perto de ter essa tecnologia proposta no filme. 

Vale a pena ver :)




[Filme] Eu robô - máquinas podem ter sentimentos? [Filme] Eu robô - máquinas podem ter sentimentos? Reviewed by Vinicius dos Santos on 15:06:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Escreva aí sua opinião!