Eu escolhi ser da informática

Eu escolhi ser da informática

Nesse artigo vou falar um pouco do porquê eu escolhi ser da informática e estudar esse assunto por mais de 10 anos. Considerando o cenário da educação brasileira, não é difícil compreender o porquê existe uma pressão gigantesca sobre o estudante de 16 anos para escolher a profissão.

Aqui no nosso blog gostamos muito de compartilhar conteúdo sobre carreira. Veja mais aqui.

A instituição do famoso “vestibular” ou então o “ENEM” foi uma resposta à necessidade de avaliar e filtrar os alunos ingressantes na universidade. Não é culpa da universidade, afinal quando queremos “contratar” alguém, queremos sempre os melhores, não é? Mas eu deixo duas perguntas fundamentais:

  1. Dois dias exaustivos de provas com mais de 100 questões, realmente provam alguma coisa?
  2. Qual a maturidade de uma pessoa com 16 anos para decidir o que ela quer fazer a vida toda?

Hoje com 30 anos de idade posso dizer que sei o que quero fazer durante minha vida. Mas quando tinha 16, sinceramente, vejo minha mentalidade do tamanho de uma ervilha. Me recordo muito bem o momento que descobri o curso que iria fazer após o ensino médio. Estávamos em frente ao computador, quando minha irmã mais velha abriu a caixa de seleção dos cursos, e perguntou:

“– E aí, qual curso você vai querer?”

Acredito que essa foi a pior forma possível de se escolher um curso que poderia existir. No último ano da universidade, depois de várias decepções com a carreira, decidi não prosseguir e tentar novamente, mas dessa vez com mais maturidade. Foi então que revisando meus hábitos, atitudes, gostos, percebi que eu deveria ser da área de TI.   

Então decidi recomeçar e escolhi a Análise de Sistemas para ser o meu curso. Posso afirmar hoje, com toda certeza, que esta foi a decisão mais correta que já tomei. O curso desde o início me motivou a ser mais, querer mais, me provocou uma fome de aprendizado que nunca havia sentido antes.   

Existem pessoas que cursam uma faculdade e quando saem da sala de aula desejam esquecer o assunto e desaparecer no mundo. Ao contrário disso, eu estudava durante feriados, fins de semana ou qualquer outro dia sem sentir peso algum. Foi assim que eu realmente percebi que aquele era o meu mundo.  

Sinceramente, eu acho que o sistema de ensino brasileiro falhou em direcionar os alunos do ensino médio para suas vocações. Porém, reclamar nunca resolveu problema nenhum. Se a estrutura de avaliação e direcionamento falhou no sistema de ensino brasileiro, cabe ao jovem e seus familiares atentarem-se aos seus hábitos, atitudes, gostos, interesses, vontades. Assim, será possível descobrir com mais facilidade sua carreira.  

Panorama da área de TI – Um survey com mais de 11 mil programadores

Quer ver uma pesquisa incrível sobre os salários e também detalhes sobre a carreira? não deixe de acessar a pesquisa feita pelo canal “código fonte tv” que conseguiu informações de mais de 11 mil profissionais de TI.

Acesse agora os resultados da pesquisa.

Vinicius dos Santos

Apenas um apaixonado por Ciência da Computação e a forma com que ela pode transformar vidas!

Deixe um comentário

seis + dezoito =