O Processamento de Línguas Naturais: para quê e para quem?


Visão geral do artigo:


A pesquisadora mostra em sua escrita uma série de conceitos definidos por ambas as áreas. A pesquisadora enfatiza que a tentativa de simplificar um problema ao extremo pode gerar problemas para sua resolução. Como isso não é possível na área de PLN isso pode levar a certa descrença dos usuários quanto a área. 

A verdade é que aos poucos estão sendo desenvolvidas técnicas que resolvem problemas pontuais e a sua sumarização no futuro poderá levar a resultados mais satisfatórios. Um dos melhores exemplos do desenvolvimento do PLN é a tradução automática.


Percepções:

O PLN morreu por algumas décadas e isso pode ter uma razão que eu não havia me despertado:  Soma-se a isso o fato de, após décadas de convívio mais intenso com o computador, seu  usuário ser mais realista quanto ao que pode esperar.



O Processamento de Línguas Naturais: para quê e para quem? O Processamento de Línguas Naturais: para quê e para quem? Reviewed by Vinicius dos Santos on 14:19:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Escreve ai sua opinião!